Glossário de Yoga e os significados da prática

Poucos sabem mas a ciência do YOGA se aplica em todos os aspectos da vida: físico, mental, vital, emocional, psíquico e espiritual. Louco pensar que há 12 mil anos, quando o Yoga surgiu através de sábios videntes, conhecidos como rishis, o objetivo de praticar yoga era a unificação com Shakti (princípio feminino receptivo da criação). Isso significa fazer yoga para se unir ao Todo desde uma perspectiva de confiança total e pertencimento, dentro e fora do tapetinho. Mais que fazer o asana (postura psicofísica) se transforme, seja o asana derretendo ali o seu ego e se unindo a tudo o que é. Isso é uma pitada dos mistérios da criação que envolve Shakti.

Significado e porquês

A palavra yoga significa unidade ou um com o todo é deriva do sânscrito yuj que significa religar. União da consciência individual com a consciência universal.

Para atingir esse estado de comunhão antigamente era necessário anos de prática de yoga. Atualmente estamos submetidas a energias da Nova Era que aceleram esse processo se essa for a sua escolha consciente e disciplinada. Uma grande parte do processo de aprendizagem e cura reside no livre arbítrio responsável pelas suas escolhas todos os dias. Atenção, foco e intenção claros naquilo que você deseja com todo o seu coração.

E em um nível mais prático yoga significa equilibrar e harmonizar o corpo, a mente e as emoções. As práticas básicas do yoga incluem asanas, posturas, pranayamas, técnicas respiratórias, mudras (gestos de poder que alteram a psiquê),  bandhas (fechos que sintonizam a energia) e shaktikarmas (práticas de limpeza). Todas essas práticas purificam corpo, mente e sistemas energéticos para preparar e aterrar para a meditação, a suprema experiência cósmica da consciência.

Yoga não traz a cura para os males mas é uma ferramenta poderosa para lidar com todos os desafios da vida numa integração mente, coração e mãos que inclui a ação concreta.

 

Porque praticar Yoga?

  • Para o autoconhecimento
  • Para entrar em contato com o ser infinito
  • Para manter a saúde física, mental e emocional
  • Para desfrutar da alegria de ser quem você é
  • Para se aceitar em plenitude
  • Para se sentir pertencendo a si mesma e a criação
  • Para intuir, permitir aflorar sua mente intuitiva
  • Para relaxar o sistema nervoso
  • Para fortalecer a musculatura
  • Para a mobilidade das articulações
  • Para preparar o corpo para a meditação
  • Para aumentar a consciência espiritual
  • Para acessar a inteligência nata do corpo
  • Para harmonizar corpo, mente e emoções
  • Para desfrutar a experiência de estarmos dentro da nossa forma
  • Para amar mais
  • Para viver o presente
  • Para brilhar nossa luz

 

Complete o porque você pratica yoga? Ou porque quer praticar mais a partir de agora?

Abaixo temos um glossário de YOGA de A a Y

 

 

 

Como vocês podem ver na prática, palavras e significados o Yoga vai muito além do tapetinho. Asanas são apenas a ponta do iceberg de um sistema muito mais amplo de autoconhecimento e autocontrole.

O homem é constituído não só por um " corpo físico e uma alma imaterial " . O corpo é um ente complexo. Participa de vários níveis vibratórios ou planos da existência universal. O corpo está longe de ser apenas aquilo que você vê a olhos nus.

As praticas e a filosofia yoguis agem beneficamente sobre os nervos, sobre todos os orgãos, glândulas, todo o ser além de harmonizar outro nível imediato e mais sutil de nosso ser, conhecido como "corpo vital". Chega ao corpo astral, ao plano mental e passa adiante, a níveis do ser ainda mais quintessenciados e cada vez mais próximos do Espírito. Yoga é o aperfeiçoamento de cada plano bem como a integração ou harmonização de todos eles, realizando a UNIDADE NO HUMANO.

"Onde reina o Caos, a Yoga leva o Cosmos. Yoga e Nervosismo não coexistem." Livro Yoga para Nervosos  do Hermógenes

Como diz uma passagem do livro clássico de Antoine de Saint-Exupéry, “o essencial é invisível aos olhos”.

E o coração do Yoga reside numa atitude de auto-observação, sem a qual, além de estar subaproveitando a prática, você ainda corre risco de se machucar, mesmo que já tenha ouvido sobre ahimsa, a não violência.

Ahimsa? Literalmente significa ausência de violência em todos os níveis, físico, verbal e mental e faz parte da atitude adequada ao praticar. Porém, no contexto dos asanas, não basta simplesmente saber que essa palavra indica o respeito pelos nossos limites naturais.

Na verdade, o emprego de ahimsa nem é possível sem uma atitude de atenção voltada a si mesmo, de modo a poder sentir seu corpo em todas as etapas de cada movimento, dando importância ao percurso, sem se afobar para chegar na posição final.

Sei que ao ler isso, algumas pessoas podem pensar que não são aptas para o yoga, pois são desatentas. Contudo é justamente para elas que a prática vai ter mais importância. O corpo é uma excelente âncora para nossa atenção e esse é inclusive o propósito comum e essencial de todos os asanas: tornar nossa mente disponível, presente.

Para assumir essa atitude, além de iniciar a prática com um aquietamento e um mantra, o autoquestionamento “o que eu quero com a prática? Por que eu pratico Yoga” pode fazer t a diferença. Essa questão abre nossa mente e nos coloca em contato com o que é, de fato, importante para cada um de nós naquele momento.

Podemos extender esse autoquestionamento para fora do tapetinho mantendo a mente equanime e focada no sankalpa (intenção pessoal).

Comments are closed.