Ministério da Saúde inclui Yoga, meditação e Dança no SUS

O Ministério da Saúde incluiu quatorze terapias alternativas no SUS. São elas: yoga, arteterapia, ayurveda, biodança, dança circular, meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, quiropraxia, reflexoterapia, reiki, shantala e terapia comunitária integrativa.

Um dos objetivos da portaria assinada no final de março e publicada no Diário Oficial dia 28  é “valorizar os saberes populares e tradicionais”. Essas terapias passam a fazer parte da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares que já incorporou a  homeopatia, medicina tradicional chinesa, medicina antroposófica, plantas medicinais e fitoterapia e termalismo social/crenoterapia.

De acordo com o texto, a pasta levou em consideração o fato de a Organização Mundial da Saúde preconizar o reconhecimento e a incorporação das chamadas medicinas tradicionais e complementares nos sistemas nacionais de saúde de seus países membros.

Foto: Telmo Ximenes

Comments are closed.