Vale Sagrado, o reencontro com Pachamama

Há uma corrente que corre através de tudo. Ela existe através do Universo e existe através do Tudo-Que-É. É a base do Universo e a base de seu mundo físico. Alguns estão conscientes dessa Energia, mas a maioria dos humanos não está. De qualquer forma, todos são afetados por ela. Minha viagem para o Peru e Vale Sagrado foi uma intensa experiência  em sentir a terra, seus frutos, sua expressão. Pachamama vibra forte ali!

Mesmo com o turismo fortíssimo é possível traçar seus próprios roteiros e ir fluindo em outro ritmo ali. Mas os passeios clássicos não tem como escapar da máquina turística. Minha dica é fique uns 3 dias em Ollantaytambo um povoado de pedra incrível e que quase não recebe turistas. Ali o silêncio reina e os diques de água cortam quase todas as ruazinhas da cidade. Muitas flores, ruínas, paz, conexão e um céu de perder o fôlego. Muitos ainda falam queshua ali, o idioma inca original e isso é emocionante. Bonito demais ver como eles mantiveram a cultura ao longo dos anos. Hospedagem indico a Apu Lodge. Dei aulas de yoga para a dona da pousada, um amor de pessoa.

O amor é o centro do entendimento das experiências que aconteceram ao meu redor. Onde existe amor não existe medo. Fui desencorajada a ir a Rainbow Mountain por ser asmática. 5.200 acima do mar, a mais longe e dura de chegar, uma altitude absurda pra saúde de quem não está acostumado, um frio enlouquecedor no topo. Confiei em Deus, preparei meu sistema nervoso e fui. Conversei comigo mesma usando EFT. Lá fui pronta pra subir a trilha andando, mas minha intuição pediu o cavalo na subida ( vc acaba andando tb pq há trechos que o cavalo não pode subir com peso) fiquei mais tempo que o recomendado lá no topo e fiz os 5km da volta no gás. Fui a primeira do grupo a chegar na van. Não precisei de medicação nenhuma vez. O que compensa tudo é a certeza visceral que rasga o peito de que a Terra é a primeira e mais generosa MÃE. As cores são surreais porque nós somos surreais. Sim você Somos pura potencialidade da criação divina feitos das mesmas partículas dessa montanha. Assim é!

 

 

Rainbow Mountain ou Montanha das Siete Colores

Yoga

https://www.facebook.com/yogaroomcusco/?fref=ts

https://www.facebook.com/healinghousecusco/?fref=ts

Comida vegana mais maravilhosa da vidaaaaaaaa Green Point Cusco

 

Imperdíveis

Ollantaytambo, incrustada nas montanhas. Hospedagem http://apulodge.com

Vale de Lares só para passar o dia, não tem infra estrutura nenhuma mas foi a viagem vale a visita, cachoeiras no meio da estrada, ahhh pachamamita!

Cusco, ô cidade fofa!

Arequipa, a cidade branca é belíssima cercada por dois mega vulcões, vale super a pena!

Lima, Malecon de Miraflores

Comments are closed.